Técnica: Moralidade de Deus é julgada pelas moralidade dada aos humanos. Ou ainda: a bactéria santa.

20110823-111643.jpg

Esse é um estratagema tolo, que consiste em dizer que para julgarmos o “caráter” de Deus, o meio usado deverá ser a moralidade dada aos humanos. Esse é mais um das “dicas filosóficas” ilógicas propostas por Sam Harris. Para funcionar, deve pressupor que (1) Deus está no mesmo plano de ação dos humanos e que (2) Deus está colocando como norma moral aquilo que ele mesmo faz no “dia-a-dia”. Basicamente, o que o neo-ateu diz, em um momento desses, é o seguinte:

é certo para deus matar ou não (animais e pessoas)?

se for afirmativo ele esta em sintonia com a propria criação pois ele colocou isso como instinto

se for negativo deus entra em conflito com sí proprio entrando em contradição

dizer que é de vontade divina que devemos ter moral isso faz desse deus um ser contraditorio pois entra em conflito com o que ele propos como intinto, afinal a criação (toda ela )tem que ter a essencia do seu criador

Algum pingo de razão?

É claro que não.

Vejamos as características que são normalmente aceitas para descrever objetivamente Deus:

  • Perfeito
  • Ilimitado
  • Sem Necessidades
  • Único e Superior a tudo que existe

Já para os humanos, temos:

  • Imperfeito
  • Limitado em todos os aspectos (Inteligência, Sabedoria, etc.)
  • Precisa satisfazer suas necessidades constantemente
  • Igual a outros 6.000.000.000 existentes

Então Deus é igual ou está no mesmo plano que os humanos? Mesmo?

Como explica Theodore Beale em The Irrational Atheist:

Deveria ser óbvio que não podemos usar, numa perspectiva cristã, a moralidade humana para estabelecer a moralidade divina. Basta ver os Dez Mandamentos. Deus tem alguma inclinação em acreditar em outro Deus além dele mesmo? Deus tem um vizinho com quem ele pode cometer adultério com a esposa? Quem é o pai de Deus e como ele falha em respeitá-lo?

Como podemos ver, essa afirmação só faria algum sentido se Deus também fosse um animal. Fica bem claro que a moralidade foi dada para o trato dos homens uns com os outros. Além do mais, podemos dizer que a moralidade está de acordo com a natureza e os aspectos qualitativos de cada ser. Como se tratam de tipos de entidades com naturezas diferentes, não podemos usar o parâmetro (02) para julgar o ser (01). Da mesma forma que podemos, normalmente, aceitar que um pai discipline fisicamente um filho de 4 anos de idade por não se comportar na frente dos outros colegas, mas normalmente não aceitamos que os outros colegas juntem-se e deêm uma surra no infante que não se comporta.

Como se vê, é basicamente um estratagema de apelo emocional, não tendo muito de razão.

Ainda temos uma segunda alegação, mais tola ainda, que é (1) afinal a criação (toda ela )tem que ter a essencia do seu criador.

Hehehe. Podemos ver que nessa versão bizarra do Cristianismo, TODA a criação, até as bactérias, foram feitas à Imago Dei!

Sendo que é justamente isso que diferencia os homens dos outros seres…

Os animais não são agentes morais. Não podemos cobrar que eles tenham ações corretas ou ainda usar seus parâmetros de ação para definir o que é certo ou o que é errado.

Ou alguém propõe em uma bactéria que pratique o bem e se arrependa de seus erros?

Pelo visto, vem por aí a mais nova descoberta da teologia: a bactéria santa! E que os seres da foto que se arrependam de estar fumando e usando armas…

Fonte:http://teismo.net/quebrandoneoateismo/2010/08/10/tecnica-moralidade-de-deus-e-julgada-pelas-moralidade-dada-aos-humanos/

Publicado em 23 de agosto de 2011, em Comunicados aos Cristãos, Neo ateísmo. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: