01 – Marxismo Cultural e Revolução Cultural – Primeira Aula

Esta é uma série de palestras que busca compilar, de forma sistemática, o tema do Marxismo Cultural que se encontra difuso em diversos vídeos e palestras no site padrepauloricardo.org. O intuito é o de apresentar a revolução cultural dentro da Igreja ou, melhor dizendo, um estudo sistemático das raízes da Teologia da Libertação e de sua atuação dentro da Igreja Católica.

Como reflexão teológica, o objetivo é o de identificar o que está acontecendo com a teologia e a maneira como o pensamento revolucionário está influenciando a forma de pensar a teologia, Deus, a Igreja e o sacerdócio. Porém, para se chegar à teologia é importante conhecer as raízes desta revolução, que se encontram na filosofia.

O curso também irá abordar a razão pela qual a expressão teologia da libertação não é mais tema de discussão. Na realidade, ela já domina hegemonicamente o pensamento da própria Igreja. E é exatamente para desmascarar esse domínio velado que este curso é apresentado aos assinantes do site Christo Nihil Praeponere.

 

Anúncios

Publicado em 6 de janeiro de 2012, em Catolicismo, Comunicados aos Cristãos, Comunismo, Filosofia, Governo PT, Liturgia, Padre Paulo Ricardo, Teologia da Libertação, Videos e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. SALVE MARIA

    Quero convida você meu irmão a participar do blog soldados católicos que foi fundando com o objetivos de reunir todos os sites e blogs católicos em um lugar só . E procurar sites e blogs católicos bons que não são conhecidos.
    Se você se escreve as sua postagem sera divulgada por Email e pelo o Facebook e muitas pessoas poderão se interessa em ver o seu blog e assim a evangelização que já acontese seria mas divulgada esse é o objetivo do blog soldados católicos se tive interessado esconha uma categoria para o seu blog e envie um email ou um cometário esse é o link do blog.

    http://ossoldadoscatolicos.blogspot.com/

    e-mail para contato: soldadoscatolicos2@hotmail.com

    PAZ E BEM

  2. O SOCIALISMO/COMUNISMO(TL-Teologia-Heresia- da Libertação) E NAZISMO são filhos da mesma mãe; diferem-se apenas no “marketing”; ao fundo, igualam-se às ações. Ambos são fortemente estatizantes, opressores, materialistas e ateus, detestam todas a religiões, devotando ódio particular à Igreja Católica
    .
    O SOCIALISMO/COMUNISMO-TL defendem a primazia absoluta do Estado, o governo do proletariado, termo hoje considerado obsoleto, substituído por governo de trabalhadores.

    Também, indispõem-se contra pequenas, médias e grandes empresas, igualmente capital e empresas estrangeiras, por considerarem de o capital se sebrepor ao trabalho, em detrimento do enfraquecimento do Estado, o qual o socialismo considera como um “deus todo poderoso” dirigido por alguns poucos líderes que se abocanham ferozmente entre si pela liderança do partido, dispondo repressivamente de como lhe aprouver de disciplinamento de todo o aparato governamental e social.

    Os diversos partidos socialistas são facções em que cada um tenta melhor praticar a chamada “Tese do Partido”, uma espécie de manual do socialismo. Os exemplos atuais de sua performance e linha dura são Cuba, Coréia do Norte, etc.

    O NAZISMO atribui-se igualmente mesmos itens anteriores, como estatizante, opressor, materialista e ateu; difere no aspecto “raça”; sendo “ariano” é puro, considerado integrado ao sistema automaticamente; todas as mais impuras, exterminadas ou escravizadas, dependerá de conveniência e, na questão propriedade privada, à medida que se enquadrar na aceitação do esquema de governo é permitida. Irmãos gêmeos, mesmos objetivos, apenas itinerários diferentes
    .
    O S. Padre Bento XVI em visita à Alemanha, cidade de Erfurt, antiga Alemanha Oriental comunista, classificou o SOCIALISMO/COMUNISMO -TL e NAZISMO de “CHUVAS ÁCIDAS” e a cada um em particular de “PESTE VERMELHA” e “PESTE NEGRA” , respectivamente. O católico que promover, aliar ou votar em candidatos desses partidos ou aliados são automaticamente excluídos da Igreja como apóstatas, como participantes dos efeitos de todas as leis injustas postas em vigor, sempre que alguém se valer dela por algum motivo, ajuntando mais penalidade às pessoaiss para o dia do Juízo Final.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: